Get Adobe Flash player

Pesquisar este blog

terça-feira, 9 de junho de 2015

CNJ atende OAB e elabora pauta prioritária de julgamento.

 
O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) atendeu reivindicação da OAB e mudou o procedimento de seus julgamentos. Agora, os advogados que fazem sustentação oral no CNJ só precisarão ir a Brasília quando seus procedimentos constarem na listra de prioridade das sessões ordinárias e extraordinárias. A partir da próxima sessão, a pauta indicará os processos que têm prioridade. Caso ultrapasse a relação, o julgamento no Conselho Nacional de Justiça seguirá com procedimentos que não têm sustentações orais.
“Com esta mudança, o presidente do CNJ, ministro Ricardo Lewandowski, mais uma vez sinaliza o respeito que tem pelos advogados, profissionais essenciais na manutenção da Justiça e que, agora, poderão se planejar melhor na defesa de seus constituintes”, afirmou o presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho. O presidente da OAB-PE, Pedro Henrique Reynaldo Alves, também comemora a decisão, ressaltando que a advocacia passa a trabalhar de forma mais planejada.
Com informações do CFOAB

Nenhum comentário:

Postar um comentário